Como investir em ouro

thumbnail

O ouro é um dos ativos financeiros mais antigos que existe. E ainda é um ativo físico que lastreia a própria reserva de moeda fiduciária diversos países. Você ainda tem dúvida se vale ou não à pena investir em ouro? Eu vou te mostrar porque o ouro deve fazer parte dos seus investimentos, e ainda qual a melhor forma de investir nesse metal.
O investimento em ouro é bem diferente de outros porque o objetivo não é te fazer ficar rico, mas ter segurança e um ganho duradouro, além disso vai garantir para você proteção em momentos de crises e também proteger da inflação.
Em momentos de crise a demanda sobre ele aumenta e seu preço dispara e é nesse momento que você deve vendê-lo. E o melhor de tudo é que ao contrário da moeda dos governos, o ouro não pode sofrer nenhuma intervenção do Estado, já que ele não pode ser impresso e seu valor está na sua escassez.

Como investir em ouro

O melhor momento de comprar ouro é quando a economia global estiver estável e sem correr nenhum risco, e em contra partida, o melhor momento de vender é quando chegar a próxima crise financeira global que sempre chega (Mesmo que demore).
Para investir em ouro você deve começar aos poucos com valores de R$300 e R$800 reais. Mas sempre de olho como anda a economia global.

Umas das opções é comprar barras de ouro e guardá-las em casa e você pode comprar em DTVMs que entregam na sua casa. Mas saiba que o risco que você vai está correndo vai ser grande já que vai estar acumulando algo de tanto valor em sua casa.
Por isso existe outra forma mais inteligente que é comprar certificados de barras de ouro e guardá-las em um banco de custódia. A taxa de armazenamento pode variar entre 0,7% até 0,15% todo mês.

Se você não quiser correr todo esse risco o mais indicado é procurar uma corretora aprovada e licenciada pela Bolsa. O contrato é equivalente a uma barra de 250 gramas, tem um preço alto, cerca de R$ 40 mil.
Há outros contratos mais baratos, de 10 gramas (por volta de R$ 1.600) e também de 0,225 grama (R$ 35), mas eles não são muito negociados como os outros.

Os fundos de investimento são outra opção bastante atraentes que também são lastreados em contratos financeiros de ouro. Por exemplo, a Órama com um fundo de aplicação mínima de apenas R$ 1.000.
Ou a Novus Capital com um fundo multimercado que investe cerca de 20% da carteira em ouro negociados na Bolsa de metais de Nova York. E o melhor é que não depende da cotação do dólar.

Aplique essas dicas e você vai começar a ter bons resultados já que o ouro é um dos melhores investimentos, ainda mais agora que estamos prestes a entrar em uma crise econômica mundial.
Não deixe de aprender cada vez mais e assim ter sucesso com esse metal tão valioso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top